Confira Nossas Novidades

assine nossa newsletter para receber informações no seu e-mail

ONG Hospitalhaços implanta processo de ouvidoria

Reforçando a proposta de transparência e ampliando canais de comunicação, a ONG Hospitalhaços implantará, ainda neste segundo semestre, a sua Ouvidoria.  Após elaboração das políticas gerais, a próxima fase será a de abertura para se chegar ao ouvidor.

Mario Eduardo Paes, coordenador Geral da associação, explica que esta é mais uma etapa a ser atingida visto que a ONG, que completou 18 anos em 2017, mostra sua maturidade na gestão e abre mais uma possibilidade para que colaboradores, voluntários, amigos, comunidade, clientes, parceiros e patrocinadores da Hospitalhaços tenham o mesmo direito à manifestação livre e democrática das suas opiniões.

A ouvidoria irá funcionar na sede e fará parte da estrutura da associação. Já o ouvidor será subordinado à Coordenação Geral, no entanto, terá independência suficiente para levar a termo a solução de questões que afetem o dia a dia da instituição, em caráter mediador, pedagógico, instrumental e estratégico. Sua principal competência será identificar as reclamações, denúncias, sugestões, informações, elogios, e dar o devido tratamento a cada uma delas.

As manifestações poderão ser feitas via carta, canal específico no site ou formulário depositado na urna localizada no balcão de atendimento da sede. Todas deverão ter identificação, no entanto o acesso será somente para o ouvidor que tem, por ética, preservar o direito de sigilo do manifestante.

Abertura do processo de escolha – A abertura para a escolha do ouvidor está sendo anunciada no dia 15 de setembro e o candidato, que poderá ser voluntário, prestador de serviço, sócios, membros de Conselho ou funcionário da ONG, deverá preencher alguns requisitos como ter, no mínimo, dois anos ininterruptos, apresentar histórico de vivência nas atividades da ONG e ter o perfil determinado pelo edital, que está publicado na Intranet da associação. Caso não ocorra adesão interna, o edital será divulgado aberto e a vaga será disponibilizada para público externo, no entanto, o candidato terá, obrigatoriamente, que se tornar voluntário. Além disso, o candidato deve ter ciência que ser ouvidor na ONG será, inicialmente, uma atividade não remunerada. Com os nomes dos candidatos a postos, a escolha será feita pelo Coordenador Geral, em conjunto com o Conselho Gestor, devendo ser submetida à apreciação e deliberação da Diretoria.

O candidato tem até o dia 30 de setembro para se inscrever. Após recebimento dos currículos, etapas de avaliação e decisão, o anúncio do novo auditor será no dia 30 de outubro.

Deixe um Comentário