Confira Nossas Novidades

assine nossa newsletter para receber informações no seu e-mail

Hospitalhaços em clima de Copa do Mundo

ONG de humanização sediada em Campinas lança a Copovisk Palhaçovisk e leva a alegria da torcida ao ambiente hospitalar

Não há nada que mobilize mais um brasileiro do que uma Copa do Mundo. Vamos combinar, o futebol é aquela paixão de infância que nunca morre. É o amor que supera as derrotas e corre para o abraço na vitória que reconcilia. É a emoção visível nos olhos, nas ruas que se transformam em infinitas arquibancadas e na camisa canarinho que estampa o figurino em dias de jogo! É, não tem como não entrar no clima. E a ONG Hospitalhaços, que há 19 anos realiza um trabalho de humanização hospitalar por meio da figura do palhaço, não perdeu tempo e criou a Copovisk Palhaçovisk – própria Copa com toda a graça que o universo do palhaço permite.

Escalação – No dia 14 de maio os brasileiros conheceram os jogadores pré-selecionados para defender o Brasil na Copa do Mundo, na Rússia.  Já na Hospitalhaços, a seleção ainda está sendo divulgada com a abertura das figurinhas virtuais que são postadas nas redes sociais da ONG (instagram.com/hospitalhacos/ e facebook.com/hospitalhacos/). Escalados pelo coordenador da equipe de Palhaços, Paulo Henrique Jabu, os voluntários foram escolhidos pela alegria e pelo passaporte livre para participar do ensaio fotográfico que foi em pleno dia de emenda de feriado, na segundona  de 30 de abril. Liberados pelas parceiras e familiares, os voluntários mostraram seu porte físico e sua capacidade de fazer rir até o mais sério dos profissionais. Foi assim com o fotógrafo Heitor José, que é voluntário da ONG desde 2017 e que fez o ensaio para a associação. “Fotografar a equipe dos voluntários foi algo surpreendente e divertido. É um trabalho que eu faço com prazer pois sei o quanto a ONG é importante e faz a diferença na vida das pessoas hospitalizadas”, comentou o fotógrafo.

Até a abertura da Copa, no dia 14 de junho, serão divulgados os 11 jogadores do time de voluntários da Hospitalhaços. A ideia da contagem regressiva é para animar a chegada da data que faz milhares de pessoas ficarem diante da TV. No banco de espera, o fator surpresa para saber qual jogador entrará na página é motivo de brincadeiras e comentários engraçados nos posts e nos grupos de conversa. “Ao sair uma figurinha, eles se animam e ficam na expectativa para saber quem será o próximo jogador”, comenta Paulo Henrique.

Bastidores – O trabalho de criação para este projeto começou em maio, após reunião de pauta e estudo sobre todo o cuidado que a ideia deve ter, já que não é permitido divulgar nem usar a marca Copa do Mundo e nem todos os elementos referentes ao evento,  pois estes só podem ser usados pelos patrocinadores oficiais. “A partir do conceito estabelecido, toda a equipe de Comunicação entrou em campo: as fotos foram feitas pelo Heitor José e dirigidas pela Luciana Vasconcelos, responsável pelos vídeos da ONG, e pela Larissa Pan, estagiária de Jornalismo; a divertida redação dos perfis dos jogadores ficou por conta da assessora de imprensa Carolina Alvarez; já a criação de arte foi desenvolvida pelo Rafael Dezena, respeitando todos os direitos autorais”, explica Elizabete Morais, coordenadora de Comunicação e Imagem da Hospitalhaços.

 

 

 

 

 

Para ver a campanha, acesse aqui.

Elizabete ainda comenta que a ideia da Copovisk é para divertir e inserir o palhaço humanitário no factual, “e esse período de jogo de futebol mundial é um momento oportuno para isso porque todas as pessoas se unem para assistir aos jogos, a Copa se torna um assunto em comum e todos se sentem mais brasileiros, mais livres em suas expressões e valorizam muito mais o abraço e a torcida por um resultado em comum, e isso são valores e sentimentos muito fortes para a Hospitalhaços”.

Para as atuações, os voluntários já providenciaram acessórios verde-amarelos e prepararam algumas lembrancinhas temáticas para entregar aos pacientes, acompanhantes e corpo clínico dos 27 hospitais em que a ONG atua. “Nossa ideia é levar esse clima de Copa para quem, infelizmente, está em uma situação delicada no hospital. Nosso trabalho é humanizar e vamos aproveitar o campeonato para dar um colorido especial às nossas atuações”, concluiu o coordenador de Palhaços, Paulo Henrique. Além disso, terá um partida de futebol masculina e feminina na quadra da De Cathlon, que será realizada no dia 8 de junho, e terá a participação de voluntários e acompanhantes.

As partidas de futebol já foram realizadas. Para ver as fotos, clique aqui.

 

Deixe um Comentário