ONG HOSPITALHAÇOS | atendimento@hospitalhacos.org.br | Av. Engenheiro Artur Segurado, 439 | Jardim Leonor Campinas CEP 13041-070
ONG HOSPITALHAÇOS | atendimento@hospitalhacos.org.br | Av. Engenheiro Artur Segurado, 439 | Jardim Leonor Campinas CEP 13041-070
Essa ONG tem apoio
de Leis de Incentivo
BAZAR | (19) 3234-3076 e 98383-2554
Segunda a Sexta: 9h às 17h
Sábado: 9h às 12h
SEDE | (19) 3237-2603
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta: 9h às 18h
PROCESSO SELETIVO

Alunas do Mackenzie revertem venda de brownies para a Hospitalhaços

ONG HOSPITALHAÇOS > Doações > Alunas do Mackenzie revertem venda de brownies para a Hospitalhaços

Carolina Meira

A Universidade Presbiteriana Mackenzie, campus de Campinas, amanheceu mais doce nesta sexta-feira, 13 de maio. A praça de alimentação foi sede da 3ª edição da Feira de Marketing, organizada pela disciplina de Marketing do curso de Administração. Em parceria com um dos grupos de alunas, a Hospitalhaços esteve presente para acompanhar a venda de brownies, cujo lucro será revertido inteiramente para a ONG.

A ideia partiu do grupo de Lara Rotello, Laura Bahia, Caroline Fernanda e Andressa Placco. “Tivemos que sugerir uma ONG e pensamos em alguma que nos identificássemos com o trabalho”, elas contam. Após o contato e reunião com a Hospitalhaços, as estudantes tiveram dois meses para elaborar o trabalho e escolher o produto. “Pensando na alegria e na doçura do trabalho da Hospitalhaços, escolhemos fazer o ‘Brownie Feliz’ e criamos uma página no Facebook para a divulgação”, explica o grupo.

Com o slogan “Saboreie a felicidade e ajude alguém a sorrir”, o Brownie Feliz fez o maior sucesso!  Além da venda dos doces, o grupo espalhou caixas de doação em cada andar da faculdade para arrecadar lápis de cor, tintas, livros, brinquedos e materiais escolares para a Hospitalhaços.

A professora de Marketing Patrícia Artoni, responsável pela feira, explica que esse tipo de atividade vai para além da teoria e coloca em prática os aprendizados dos alunos: “Essa construção coletiva é interessante porque gera apoio à instituição e cria um envolvimento dos alunos com a ONG. A ideia é que o projeto não termine aqui e que eles possam se engajar em outras iniciativas no futuro também”. A aluna Laura Bahia é bom um exemplo desse comprometimento: depois de entrar em contato com a Hospitalhaços, ela, que sempre se interessou por trabalho voluntário, passou a integrar o time de brinquedistas da ONG.

Leave a Reply